mind

Hoje vamos conhecer mais a respeito da palavra mind e dos diversos usos que ela pode assumir. Assim como em Português, muitas palavras tem mais de um sentido, mais de uma classe gramatical, e em alguns casos, até mais de uma pronúncia.  O mais famoso, com certeza, é MIND THE GAP, frase conhecida por qualquer pessoa que já frequentou o metrô de Londres, e significa “cuidado com o vão”, ou seja, cuidado com o espaço que há entre o trem e a plataforma. Para aprender os outros usos desta palavra, primeiro vamos entender que ela pode assumir duas classes gramaticais: noun (substantivo) ou verb (verbo). A pronúncia nos dois casos é a mesma.

Mind como substantivo:

1. Mente:

Learning a foreign language is good for your mind.
Aprender uma língua estrangeira é bom para a sua mente.

2. Intenção:

Kilgrave was surprised to see that Jessica had a mind to challenge him.
Kilgrave se surpreendeu ao descobrir que Jessica tinha intenção de desafiá-lo.

3.  Opinião:

The film was full of special effects, which to my mind wasn’t necessary.
O filme estava cheio de efeitos especiais, o que na minha opinião, não era necessário.

Mind como verbo:

1. Se importar:

Do you mind if I open the window?
Você se importa se eu abrir a janela?

2. Não se preocupar:

Don’t mind me, please. I don’t want to interrupt.
Não se preocupe comigo, eu não quero interromper.

3. Ter cuidado:

Mind you, don’t hurt your finger with these scissors.
Cuidado, não machuque seu dedo com esta tesoura.

4. Cuidar/observar:

Mrs. Kendrix will mind the store while her son is on vacation.
A Sra. Kendrix vai cuidar da loja enquanto seu filho está de férias.

5. Interjeição de ênfase:

Their kids are very polite and smart, but mind you, they can afford private schools and nannies.
Os filhos dele são muito educados e inteligentes, mas veja bem, eles podem pagar escola particular e babás.

Como vocês podem ver, a palavra mind tem significados diferentes dependendo do contexto. Isto pode parecer complicado a 1a vista, mas se você tentar entender a frase como um todo e não “palavra por palavra” você vai ver que é mais fácil que você imagina. No começo, é mais difícil, mas insista, mantenha contato com o inglês, aumente o seu input e logo você estará entendendo melhor.