fluentemente

Você entende inglês e não consegue falar? Quando participa de reuniões em inglês, você faz anotações, consegue entender (pelo menos de forma geral) mas dá um “branco” na hora de ter que expressar a sua opinião? Não se preocupe! Você não está sozinho! MAS SE… você acha que já fez de tudo (tudo mesmo) e ainda não consegue falar fluentemente,  eu vou pedir pra você se perguntar: “Será mesmo que já fez tudo? Leia estas 10 dicas e avalie se você realmente está no caminho certo ou se está apenas se deixando enganar. Caso esteja, continue e insista!!! Caso contrário, esta é a hora de aprender bons hábitos que vão te ajudar a chegar a quebrar este “medo” da hora de falar.

 

1) Entenda e aceite que não há “formula mágica” para falar fluentemente.

Isto quer dizer que NÃO há fórmulas secretas ou super eficientes que possam garantir fluência rapidamente. Há metodologias diferentes e algumas são melhores que outras (por exemplo, praticar diálogos verdadeiros e usar a língua com frequência ao invés de apenas memorizar regras gramaticais).

No entanto, tornar-se fluente em inglês – ou qualquer outro idioma – é um processo de longa duração.

 

 2) Use inglês no seu dia-a-dia o máximo possível.

Mesmo que você não more em um país de língua inglesa, há vários modos de se fazer isso!

  • Ouça inglês enquanto você dirige para o trabalho.
  • Leia notícias online em inglês ao invés de em sua língua nativa.
  • Pratique pensar em inglês enquanto você está fazendo trabalhos domésticos ou se exercitando.
  • Leia artigos, ouça podcasts e assista vídeos em inglês a respeito de temas que você gosta (isto é muito importante, pois você terá muito mais sucesso se você se divertir durante o processo).

 

3) Equilibre as áreas de aprendizado da língua

Reading (leitura)
Writing (escrita)
Speaking (fala)
Grammar (gramática)
Vocabulary (vocabulário)

Muitos alunos erram ao concentrar-se muito em apenas uma ou duas áreas, o que os torna fracos nas demais. Uma dica é dedicar um dia por semana para estudar e praticar cada área, uma vez que elas estão interligadas. Por exemplo: ao estudar “reading” você está automaticamente absorvendo gramática e vocabulário, o que vai te ajudar a pensar em inglês e por consequência, falar fluentemente.

 

4) Encontre um parceiro de conversação fixo através de um site de “prática de conversação”.

 

fluentemente

 

Se você não tem com quem praticar inglês fora de sala de aula, ou se sente envergonhado de praticar com amigos e parentes, que tal conversar com desconhecidos? Existe alguns sites que reúnem pessoas com o mesmo propósito que o seu: italki.comverbling.comsharedtalk.org,  e outros, você pode conhecer falantes nativos de inglês que querem aprender a sua língua nativa – desta forma, vocês podem ajudar um ao outro a aprender e praticar. Tente falar com o seu parceiro pelo menos uma vez por semana.

 

 5) Leia, assista e ouça inglês em vários contextos diferentes.

Se você assiste apenas programas de notícias em inglês, você será capaz de entender um estilo de inglês mais formal, mas terá dificuldade em entender um diálogo típico entre dois falantes nativos, que é geralmente cheio de gírias e expressões idiomáticas.

Por outro lado, se você assiste só filmes e ouve músicas em inglês, talvez você não seja capaz de entender (ou escrever) um artigo acadêmico ou um relatório profissional. Se você precisar de inglês para o trabalho, aí será dífícil conversar sobre outros assuntos porque você não terá o vocabulário necessário.

Assim, tente ao máximo diversificar o seu contato com inglês: ficção e não ficção, formal e informal, palestras e diálogos, assuntos sérios e comédia, etc.

 

6) Aprenda a pensar em inglês.

fluentemente

 

Este é um dos verdadeiros segredos para atingir a fluência em inglês: como aprender (ou como se acostumar)a pensar em inglês.

Há um passo-a-passo que você pode seguir – primeiro, comece a pensar em palavras isoladas em inglês, depois comece a pensar em frases em inglês e finalmente imagine diálogos inteiros e estórias em inglês.

Esta é uma das melhores formas de praticar inglês, porque se você cometer um erro, ninguém saberá.

 

7) Use palavras novas ao falar – seja criativo!

Um dos maiores obstáculos para a fluência de inglês são a ausência de vocabulário e as consequentes pausas e hesitações. Isto geralmente ocorre porque você tem uma ideia mas não é capaz de expressá-la em inglês, o que pode ser bastante frustrante. Portanto, se você não sabe uma palavra em particular, tente pensar em um modo alternativo de expressar a sua ideia.

Veja o exemplo: em um dialogo sobre culinária, meu aluno não sabia a palavra em inglês para cebola (onion), e ao invés disso ele falou “the white vegetable that when you cut it you cry” (o vegetal branco que ao cortar você chora) – foi uma descrição perfeita, e eu entendi exatamente o que ele quis dizer!

O mesmo vale para frases em inglês. As vezes você quer falar algo de um certo modo porque você está traduzindo diretamente da sua língua nativa, mas você não sabe como construir a frase em inglês. Claro que aprender a pensar em inglês vai ajuda-lo a evitar este problema, mas também tente ser mais flexível e pense em maneiras diferentes de transmitir a mesma mensagem. Os falantes nativos também tem mais de uma forma de dizer a mesma coisa – observe, por exemplo, as diferentes formas de se dizer “hello” e “goodbye” em inglês.


8) Que tal falar sozinho?

Esta é uma forma realmente EXCELLENTE para desenvolver a fluência e aumentar a sua autoconfiança. Não há pressão para soar perfeito e ninguém mais irá ouvir os seus erros.

Para ideias de conversação, vá neste site e escolha um tópico. Depois pratique responder estas perguntas conversando com você mesmo em voz alta.

 

 9) Não pense tanto na gramática e não se preocupe com erros.

Um dos maiores bloqueios mentais para estudantes de inglês é ficar nervoso ou com medo de cometer um erro – ou ter vergonha se não falar perfeitamente. Lembre-se: comunicação é MUITO mais importante que a perfeição.

Veja este exemplo: imagine que alguém diz  “Yesterday I go to party in beach.”

A frase está incorreta, o correto seria “Yesterday I went to a party on the beach.”

Porém, mesmo com os erros, a frase transmite a mensagem completamente!

Claro que com o tempo você vai começar a corrigir os seus próprios erros – mas para diálogos do dia a dia, relaxe e lembre-se que erros não são fatais, o importante é se comunicar.

 

 10) Nunca desista … não pare de aprender!speak

Eu já tive vários alunos que estudaram por poucos anos, e depois param…depois começam de novo, depois param por um longo tempo, e então recomeçam…talvez você,

Inconscientemente, já tenha feito isso. O problema é que gera um efeito sanfona, e você perde o progresso que tinha feito anteriormente e para se tornar realmente fluente é preciso de mais tempo.

A boa noticia é que não é necessário ser gênio para falar fluentemente em inglês – você só precisa de disciplina para se dedicar e praticar de forma consistente…se você fizer isso, você irá com certeza atingir o seu objetivo.

 Texto original: Espresso English, autoria Teacher Shayna Oliveira

Traduzido por: Teacher Renata Gazola